156 Acesso àInformação

Programas em ação

Programas em ação

Aula inaugural do Bom Negócio inspira a empreender e se reinventar na pandemia

A pandemia tem levado muitos empreendedores a paralisar projetos ou encerrar uma atividade por conta da queda nas vendas. Mas os palestrantes da aula inaugural do Bom Negócio, na última quinta-feira (15/4), mostraram que é possível se beneficiar deste momento de isolamento e também reinventar-se como empreendedor. Os 40 empreendedores da Rota 3 do Bom […]

compartilhe
Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, e Daniela Vitório Del Puente, coordenadora do Bom Negócio.

A pandemia tem levado muitos empreendedores a paralisar projetos ou encerrar uma atividade por conta da queda nas vendas. Mas os palestrantes da aula inaugural do Bom Negócio, na última quinta-feira (15/4), mostraram que é possível se beneficiar deste momento de isolamento e também reinventar-se como empreendedor.

Os 40 empreendedores da Rota 3 do Bom Negócio, programa de capacitação empreendedora da Prefeitura, começam as aulas on-line na próxima terça-feira (20/4).  

As 90 horas do curso on-line gratuito serão ministradas por professores da Uninter, instituição de ensino parceira da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação nesta última etapa do programa.

Durante a aula inaugural, o curitibano Ernesto Villela compartilhou com os participantes sua trajetória como empreendedor que precisou se reinventar mais de uma vez. Ele começou com uma empresa de mídia em porta de banheiro na capital e também fundou a Samplify, maior empresa de distribuição de amostras grátis do país. Hoje ele é CEO da startup Mimoo, com lojas em São Paulo onde as pessoas compram produtos sem gastar um centavo. Mas como isso é possível?

Villela explicou que a Mimoo nasceu para resolver um problema de desperdício na cadeia de suprimento das grandes indústrias, oferecendo uma alternativa sustentável ao descarte por incineração de produtos próximos do fim da validade. O negócio vinha em franca expansão, gerando filas gigantescas em lojas instaladas em shoppings populares de São Paulo.

Daniela Vitório Del Puente, coordenadora do Bom Negócio, e Ernesto Villela, CEO da Mimoo.

Mas com a pandemia, a startup se reinventou com uma plataforma de gamificação e engajamento, oferecendo dados e insights para o marketing das empresas em uma plataforma digital. “Lançado no fim de 2020, o aplicativo da Mimoo já foi baixado por 200 mil pessoas, que precisam cumprir missões para acumular pontos e poder resgatar produtos nas lojas físicas”, explicou Villela.

Hoje, são sete lojas na capital paulista e 75 outros pontos estão sendo negociados por todo o Brasil, sendo três unidades em Curitiba. “A Mimoo usa a tecnologia para oferecer serviços que melhorem a vida das pessoas e que nos garanta rentabilidade oferecendo soluções de marketing para empresas parceiras”, salienta Villela.

Marketing digital

A aula inaugural do Bom Negócio também teve a participação de Sandra Turchi, CEO da Digitalents, que falou sobre a importância do marketing digital para micro e pequenos empreendedores, principalmente, neste momento de pandemia. “A necessidade de isolamento social, imposta pela covid-19, fez com que o marketing digital deixasse de ser uma opção para as empresas, passando a ser uma imposição”, afirmou ela.

Sandra explicou que, em um Brasil com 212 milhões de habitantes, 150 milhões são usuários de internet e 140 milhões estão nas redes sociais. “Por isso, é fundamental que os empreendedores estejam presentes no mundo digital e que também desenvolvam estratégias eficazes de marketing digital”, argumentou. Em 2020, acrescentou a especialista, o segmento de ecommerce faturou R$ 111 bilhões no país.  

Daniela Vitório Del Puente, coordenadora do Bom Negócio, e Sandra Turchi, CEO da Digitalents.

A aula inaugural do Bom Negócio foi aberta por Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, que destacou que a realização da Rota 3 on-line é possível graças à parceria com a Uninter.

“Com a pandemia, os empreendedores curitibanos precisam estar ainda mais capacitados para inovar na gestão do negócio e o apoio da Uninter permite a continuidade das aulas mesmo neste momento de necessidade de isolamento social”, justificou Cris.

A professora Shirlei Miranda Camargo representou no evento a direção e os demais docentes da Uninter e afirmou que a Rota 3 do Bom Negócio vai capacitar tanto quem quer tirar uma ideia do papel e começar um negócio como o empreendedor que já tem anos de estrada e está em momento de mudança ou precisa se diferenciar no mercado. “Será o momento de discutir e por em prática produtos e soluções para empreender com sucesso”, reforçou.

Daniela Vitório Del Puente, coordenadora do Bom Negócio, também participou da aula inaugural.

NOTÍCIAS RELACIONADAS