156 Acesso àInformação

Eventos

Eventos

Curitiba cresce em ranking mundial e é a segunda melhor cidade para startups do Brasil

Curitiba cresce em ranking mundial e continua como segunda melhor cidade para startups do Brasil.1/9 Curitiba manteve a posição de segunda melhor cidade do Brasil para startups, conforme o Startup Ecosystem Index Report 2022, divulgado nesta terça-feira (31) em evento online global a partir de Israel. O relatório mundial, feito pelo instituto israelense StartupBlink, analisa o […]

compartilhe
Curitiba cresce em ranking mundial e continua como segunda melhor cidade para startups do Brasil.


Curitiba cresce em ranking mundial e continua como segunda melhor cidade para startups do Brasil.1/9

Curitiba manteve a posição de segunda melhor cidade do Brasil para startups, conforme o Startup Ecosystem Index Report 2022, divulgado nesta terça-feira (31) em evento online global a partir de Israel. O relatório mundial, feito pelo instituto israelense StartupBlink, analisa o número de startups, a qualidade delas e o ambiente de negócios. Curitiba passou de 4.053 pontos do ranking do ano passado para 5.243 pontos neste ano.

“Curitiba tem um ecossistema vibrante, com mão de obra qualificada, diversidade de indústrias, excelentes universidades, empreendedores ousados e um espírito inovador que se espalha com o Vale do Pinhão, o nosso movimento colaborativo e integrado pela inovação”, disse o prefeito Rafael Greca.

“Nós celebramos com nosso ecossistema essa excelente posição no ranking mundial, que nos motiva a trabalhar ainda mais e a levar os benefícios da inovação para cada cidadão”, afirmou Greca em declaração publicada no relatório da StartupBlink.

Em primeiro lugar no país ficou São Paulo. Depois de Curitiba, vêm Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

São Francisco, no Vale do Silício, na Califórnia, lidera o ranking mundial, no qual Curitiba ficou na 141ª posição neste ano, melhorando três lugares em relação ao ano passado. Na América do Sul, Curitiba fica em quinto lugar, depois de São Paulo, Buenos Aires, Santiago e Bogotá.

“O relatório comprova o que temos visto no dia a dia do Vale do Pinhão, um ambiente criativo, ousado e trabalhando em sinergia nas variadas hélices da inovação, como setor público, privado e acadêmico”, diz Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

A StartupBlink é um centro de pesquisa referência internacional que faz o mapeamento em 1.000 cidades em 100 países, avaliando os ecossistemas de inovação para startups em todo o mundo em quesitos como ambiente de inovação, de negócios e qualidade das empresas de tecnologia.

O ecossistema de startups de Curitiba se destaca, segundo o estudo internacional, em segmentos como comércio eletrônico/varejo, transportes, hardware e internet das coisas (IoT). As startups Contabilizei, uma plataforma de contabilidade e gestão empresarial, e Leadlovers, de marketing digital, são apontadas como notáveis.

Curitiba também é mencionada como berço de unicórnios, as startups avaliadas em 1 bilhão de dólares. Três unicórnios brasileiros estão em Curitiba. São eles: Ebanx, líder em serviços de processamento de pagamentos de compras; MadeiraMadeira, maior plataforma de produtos para casa da América Latina; e Olist, que oferece serviços de e-commerce para colocar pequenos vendedores em grandes vitrines on-line.

O relatório também destaca como referências nacionais MadeiraMadeira, Contabilizei e Contraktor, startup curitibana que criou uma plataforma digital para negociação de contratos.

Melhores ecossistemas para startups

O Startup Ecosystem Index Report faz o ranking dos melhores ecossistemas a partir de algoritmos que analisam milhares de dados em startups, aceleradoras e espaços de coworking.

Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação é parceira institucional da StartupBlink e colabora com o levantamento. Durante a live de divulgação nesta terça, o diretor técnico da Agência, Paulo Krauss, apresentou o ecossistema Vale do Pinhão.

“Para desenvolvedores governamentais de ecossistemas nossa mensagem permanece a mesma: trabalhar com dúzias de vocês como nossos parceiros de ecossistema nos tem inspirado. A maioria tem participado de forma inteligente e ajudado a construir ecossistemas de startups notáveis que são o motor do crescimento econômico presente e futuro”, afirma Eli David, CEO da StartupBlink.

Ajudaram a fomentar o ambiente de startups de Curitiba várias iniciativas da Prefeitura, como a abertura dos Worktibas, os primeiros coworkings públicos do país, e a retomada de programas municipais como o Tecnoparque e o Bom Negócio, de capacitação de empreendedores para atividades de alto impacto.

Reconhecimento

Desde o início da gestão do prefeito Rafael Greca, Curitiba conquistou vários reconhecimentos nacionais e internacionais como ecossistema amigável para empreendedores e startups, bem como de cidade inteligente.

Em 2022, a capital foi eleita a segunda cidade mais empreendedora do Brasil pelo Sebrae.

NOTÍCIAS RELACIONADAS