156 Acesso àInformação

Eventos

Eventos

Debate sobre autoconhecimento abre programação do Empreendedora Curitibana

O que te motiva? Quais são os seus potenciais? O autoconhecimento é como se fosse um mapeamento interno, a capacidade de olhar para dentro de si, enxergando e aceitando as qualidades e pontos a desenvolver. A importância de se reconhecer as competências e fragilidades foi o tema do debate “Autoconhecimento – Como ressignificar os desafios […]

compartilhe

O que te motiva? Quais são os seus potenciais? O autoconhecimento é como se fosse um mapeamento interno, a capacidade de olhar para dentro de si, enxergando e aceitando as qualidades e pontos a desenvolver. A importância de se reconhecer as competências e fragilidades foi o tema do debate “Autoconhecimento – Como ressignificar os desafios para alcançar o sucesso em 2021”.

O evento on-line abriu a programação de capacitações gratuitas deste ano do Empreendedora Curitibana, programa da Prefeitura e Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação. 

O debate foi aberto por Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, que agradeceu a participação das três especialistas convidadas. “Com a ajuda dessas profissionais, vamos mostrar que o processo de se autoconhecer não é algo que vem do dia para a noite. Demanda tempo e reflexão”, salientou ela. 

Referência em Educação Integral, a psicóloga clínica Maíra Godoy lembrou da importância do empreendedor buscar o desenvolvendo de habilidades sensoriais, físicas, mentais e cognitivas. “É preciso buscar a inteireza, a construção do conhecimento de si mesmo de dentro para fora, a partir de seus interesses, necessidades, valores, intuição, crenças e saberes, vinculando-se à sua própria existencialidade”, justificou a diretora da escola Eu no Palco do Mundo.

Franciele Gabardo, fundadora e CEO da Voopyn, empresa especializada em recursos humanos, alertou que a jornada do autoconhecimento exige muito esforço. “Pessoas, situações e eventos da vida sempre vão colocar barreiras no caminho dos objetivos e serão testes para que a pessoa continue se mantendo confiante em suas potencialidades. Por isso, a importância de se conhecer”, justificou ela, que atua com foco na atração, desenvolvimento e engajamento de pessoas.

Já a terapeuta e professora de ioga Jacqueline Carlile avalia que o autoconhecimento ajuda a superar as ansiedades e a identificar as crenças limitantes. “São pensamentos e interpretações considerados verdadeiros, mas que, na verdade, muitas vezes impedem o crescimento da vida pessoal e profissinal”, ponderou ela, que vem ajudando mulheres a se livrarem das culpas, medos e vergonhas.

Programação

Ao fim do evento desta terça-feira (19/1), Cibia Clara Gimenez, gestora do Empreendedora Curitibana, convidou o público a participar das próximas capacitações do programa já agendadas. No dia 25/1, às 15h, ocorre o workshop “Metas: Não as deixa para depois”, também com Maíra Godoy, Franciele Gabardo e Jacqueline Carlile. No dia 4 de fevereiro, às 15h, ocorre a palestra “Cultura – Uma nova fronteira entre arte e ciência”, com a arquiteta e designer Katalin Stammer, da Escola Curitibana de Design. 

Cibia lembrou que as capacitações do programa são preparatórias do prêmio Empreendedora Curitibana, que é bianual. As palestras e workshops começaram no ano passado e continuam até novembro, quando ocorre a final do concurso. “A premiação  reconhece as mulheres que investem em negócios na cidade e busca inspirar o público feminino”, reforçou gestora do Empreendedora Curitibana. 

As inscrições para o prêmio serão abertas no segundo semestre. 


Mais informações sobre as capacitações e o prêmio Empreendedora no site da Agência Curitiba e no instagram @empreendedora_curitibana

NOTÍCIAS RELACIONADAS