156 Acesso àInformação

Programas em ação

Programas em ação

Declaração de Valor define pilares do Vale do Pinhão

O Comitê de Governança do Ecossistema de Inovação do Vale do Pinhão definiu neste mês a sua Declaração de Valor, que será a base para a implementação das ações planejadas pelos grupos de trabalho para acelerar a integração de empreendedores, empresas, startups, instituições, universidades, investidores e setor público de Curitiba e Região Metropolitana. Criado há […]

compartilhe
O Vale do Pinhão é o movimento do ecossistema de inovação de Curitiba, formado por empreendedores, empresas, startups, instituições, universidades, investidores e setor público de Curitiba e Região Metropolitana . Foto:Cido Marques/FCC

O Comitê de Governança do Ecossistema de Inovação do Vale do Pinhão definiu neste mês a sua Declaração de Valor, que será a base para a implementação das ações planejadas pelos grupos de trabalho para acelerar a integração de empreendedores, empresas, startups, instituições, universidades, investidores e setor público de Curitiba e Região Metropolitana.

Criado há seis meses, a partir de uma proposta do Conselho Municipal de Inovação, o Comitê de Governança do Vale do Pinhão é multidisciplinar, colaborativo e formado por quatro grupos de trabalho (GTs): Governança, Comunicação e Eventos, Jornada de Apoio à Inovação e Monitoramento de Indicadores.

“A Declaração de Valor do Vale do Pinhão representa os ideais de atitude, comportamento e resultados que devem estar presentes nas discussões para uma integração de todo o ecossistema de inovação de Curitiba e que também impacte na sociedade como um todo”, afirma o advogado Rhodrigo Deda Gomes, presidente da Comissão de Inovação e Gestão da OAB/PR e líder do GT de Governança, responsável pela elaboração da Declaração de Valor.  

A Declaração de Valor do Vale do Pinhão traz cinco princípios e ideais: Conectamos para colaborar com coesão; Incluímos a diversidade para sermos mais humanos; Somos criativos para inovar; Agimos com transparência para gerarmos confiança; e Olhamos o futuro para construirmos um presente melhor.

Rhodrigo Deda Gomes, presidente da Comissão de Inovação e Gestão da OAB/PR e líder do GT de Governança.

“Frente a uma mudança de percepção do papel de empreendedores, empresas, poder público e de toda a comunidade que integra uma cidade inteligente como Curitiba, tão importante quanto gerar lucro ou bem-estar é gerar valor para a sociedade. Por isso, o Comitê definiu sua Declaração de Valor frente aos desafios de integrar ainda mais o ecossistema e garantir um desenvolvimento sustentável para a capital e região”, diz Deda.

Além da definição da Declaração de Valor do Vale do Pinhão, outras iniciativas dos grupos de trabalho do Comitê já começaram a ser desenvolvidas. O GT de Comunicação e Eventos, por exemplo, está estruturando um banco de especialistas para o portal oficial Vale do Pinhão www.valedopinhao.com.br, que irão atuar como mentores de empreendedores do ecossistema. “Automatizar a inserção de eventos do ecossistema na agenda do portal é outro trabalho que estamos desenvolvendo”, conta Caio Pitta, líder grupo e fundador da consultoria Professor de Vendas.

Caio Pitta, líder do GT de Comunicação e Eventos e fundador da consultoria Professor de Vendas.

Erica Marques, fundadora da Sprint XP Consultoria em Inovação e líder do GT Jornada de Apoio à Inovação, revela que o grupo está fazendo um diagnóstico das “dores” de empreendedores de Curitiba em diferentes estágios dos negócios. “Estamos fazendo um mapeamento da jornada de três empresas, estudando os gargalos e as necessidades, para que possamos propor novas ferramentas no portal do Vale do Pinhão que ajudem empreendedores a encontrarem serviços e soluções para os mesmos desafios”, antecipa ela.

O sócio da startup Realize Hub, Victor Hugo Domingues dos Santos, é líder do GT Monitoramento de Indicadores e lembra que, no último meses, o grupo tem se debruçado no desafio de identificar os indicadores que seriam mais relevantes para os chamados “stakeholders”, ou seja, todos os integrantes do Vale do Pinhão. “A partir de agora, entramos na fase ´beta’, para criarmos a arquitetura dos processos para a disponibilização dos dados”, salienta ele.

Erica Marques, fundadora da Sprint XP Consultoria em Inovação e líder do GT Jornada de Apoio à Inovação.

Convergência

A mobilização dos atores do Vale do Pinhão, através do Comitê de Governança e dos grupos de trabalho, já traz bons frutos para todo o ecossistema de inovação de Curitiba, avaliam entidades que participam do esforço conjunto nos últimos seis meses.

“Houve uma evolução na busca de convergências e atividades conjuntas”, observa Izoulet Cortes Filho, diretor de Projetos e Negócios Internacionais da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação no Paraná (Assespro/PR).

Victor Hugo Domingues dos Santos, líder do GT Monitoramento de Indicadores e sócio da startup Realize Hub.

Para ele, o Comitê de Governança do Vale do Pinhão deverá trabalhar, a partir de agora, para fixar metas que ampliem as possibilidades de mudanças transformadoras. “A Assespro mantém-se à disposição para continuar colaborando, notadamente na busca da ampliação do uso das tecnologias da informação e comunicação, na transformação digital da economia”, completa Cortes Filho.

Luiz Antonio Rolim de Moura, gerente da Unidade de Ambiente e Negócios Empresariais do Sebrae/PR, afirma que a instituição percebe de forma muito positiva a agenda desenvolvida nesses primeiros seis meses do Comitê de Governança do Vale do Pinhão. “Entendemos que o desenho de atuação é vivo e está se modernizando a cada momento, não somente pela robustez e pelos caminhos que estão sendo construídos, mas principalmente pelas pontes de diálogo e exercício democrático em prol da inovação, feitos pelo grupo de trabalho”, frisa o representante do Sebrae/PR.

Top 7

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e membro do Comitê de Governança do Vale do Pinhão, avalia que a Declaração de Valor estabelece os cinco pilares do ecossistema de inovação da capital. “A partir destes ideais e princípios estaremos trabalhando juntos para um Vale do Pinhão cada vez mais próspero e resiliente”, justifica.

A presidente da Agência Curitiba destaca ainda o reconhecimento da capital como uma das sete comunidades mais inteligentes do mundo, segundo do Intelligent Community Forum (ICF). “Esta conquista é de todo o ecossistema de inovação de Curitiba, que integra o Vale do Pinhão, pois estamos trabalhando juntos para o desenvolvimento sustentável da capital e para garantir que as próximas gerações prosperem. A criação do Comitê de Governança, inclusive, contribuiu para termos este reconhecimento internacional”, diz Cris.

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e membro do Comitê de Governança do Vale do Pinhão.

A escolha de Curitiba como um dos Top 7 do ICF levou a capital para a final do prêmio internacional Comunidade Inteligente do Ano, também conferido pela instituição canadense. A grande final ocorrerá no dia 21 de outubro, no fórum global da entidade nos Estados Unidos.

Fundador da startup Academic Ventures, o professor Zaki Akel Sobrinho, também avalia que a escolha de Curitiba como uma das sete comunidades mais inteligentes do mundo é um reconhecimento do esforço de todo o ecossistema de inovação da capital. “Temos muito o que comemorar”, diz o ex-reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O trabalho técnico, colaborativo e voluntário dos membros do Comitê de Governança têm reunido empresários, professores, consultores e profissionais com a motivação de entregar valor para a sociedade. Os Grupos de Trabalho estão sempre abertos para novas adesões, via formulários que podem ser enviados para Cibia Gimenez (cigimenez@curitiba.pr.gov.br), focal da Agência Curitiba no Comitê.

Organizados em reuniões periódicas, cada GT possui uma pauta específica que, agrupadas, farão com que o ecossistema Vale do Pinhão atinja um grau de maturidade ainda maior no próximo ano.

SERVIÇO

Inscrição no Comitê de Governança do Ecossistema de Inovação de Curitiba e RMC pode ser feita: https://forms.office.com/r/ZGCqLyU9Q0 e https://forms.office.com/r/HN1CSdPGmP (grupo de trabalho).

NOTÍCIAS RELACIONADAS