156 Acesso àInformação

Sucesso

Sucesso

Empreendedores inovam e superam desafios da pandemia

A maioria dos empreendedores de serviços e comércio de Curitiba precisou se adaptar à necessidade de distanciamento social imposta pela pandemia da covid-19.  Não faltam exemplos de quem teve que inovar, apostando em vendas on-line, marketing digital e entrega direta. O chamado delivery, inclusive, é hoje o carro-chefe de comercialização para muitas empresas. Há dois […]

compartilhe
Elicéia Dalprá e Gislaine Queiroz são sócias da startup curitibana Única Entrega, especializada em delivery feito só com mulheres de motos ou carros. Foto: Divulgação

A maioria dos empreendedores de serviços e comércio de Curitiba precisou se adaptar à necessidade de distanciamento social imposta pela pandemia da covid-19.  Não faltam exemplos de quem teve que inovar, apostando em vendas on-line, marketing digital e entrega direta. O chamado delivery, inclusive, é hoje o carro-chefe de comercialização para muitas empresas.

Há dois anos, as empreendedoras Liliane Alves dos Reiz e Jhenifer Fogaça abriram a Loucos por Donuts, que já nasceu exclusivamente com vendas pelas redes sociais e entrega por delivery.

“As vendas estão ótimas, pois focamos na entrega na casa do cliente, que tem esta comodidade ainda mais durante a pandemia”, avalia Liliane, que vende suas deliciosas rosquinhas para clientes do Boqueirão, Xaxim, Cajuru, Uberaba e São José dos Pinhais.

Atualmente, a Loucos por Donuts comercializa, em média, 3 mil doces por mês por um dos principais aplicativos de entrega em casa. “Só pela rede social são mais de 500 fregueses e, diariamente, entregamos cerca de 30 pedidos pelo iFood”, calcula Liliane.

As empreendedoras Liliane Alves dos Reiz (dir) e Jhenifer Fogaça abriram a Loucos por Donuts. Foto: Luis Costa/SMCS

No fim do ano passado, as fundadoras da Loucos por Donuts procuraram o Espaço Empreendedor do Boqueirão para obter informações sobre financiamentos com garantia do Fundo de Aval da Prefeitura (saiba mais sobre o benefício), uma das principais ações do Programa de Retomada Econômica de Curitiba. Em janeiro, o dinheiro foi liberado para que Liliane e Jhenifer pudessem investir no negócio, ampliar a cozinha e manter o ritmo de vendas.

Tal mãe, tal filha, tal pet

Com peças combinando que vão desde gorros de lã a vestidos exclusivos, a curitibana Ana Paula Karax Wiederkehr lançou em 2016 a Minidella, marca de moda “tal mãe, tal filha”, hoje presente em todo o Brasil. Desde o começo, a empreendedora trabalha com e-commerce, grupos em redes sociais e entregas por delivery em Curitiba. “A forma como iniciamos o negócio me ajudou a reduzir custos e ganhar uma grande visibilidade”, garante ela.

Com a pandemia, as estratégias de venda adotadas por Ana Paula para a Minidella se mostraram ainda mais acertadas.

Ana Paula Karax Wiederkehr, criadora das marcas “Minidella”, especializada em moda “mãe e filha”. Curitiba, 09/06/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

“Com a venda on-line, o marketing digital e o delivery, estamos conseguindo manter as vendas, mesmo com a necessidade de distanciamento social”, afirma a empreendedora, que lançou no ano passado uma nova marca, a Dogdella, que oferece peças com estampas iguais para as donas e seus pets.  

O sucesso da Minidella também garantiu a Ana Paula o primeiro lugar no Desafio Alice Empreendedora, do Clube da Alice, realizado este ano com o apoio do Vale do Pinhão.

Única Entrega

Elicéia Dalprá e Gislaine Queiroz são sócias da startup curitibana Única Entrega, especializada em delivery feito só com mulheres de motos ou carros. Há dez anos no ramo de recepção de eventos, as empreendedoras curitibanas viram a clientela desaparecer com a pandemia e precisaram abrir a nova empresa no ano passado.

A empreitada de Elicéia e Gislaine tem sido de sucesso. A Única Entrega ultrapassou as 7,5 mil entregas em 2020 e, em julho deste ano, vai lançar seu aplicativo próprio. A ideia da startup surgiu ainda no primeiro semestre do ano passado, quando a pandemia zerou a demanda pelos serviços de recepção de eventos. Sem salário, Gislaine começou a fazer entregas para empresas e pessoas conhecidas.

“Quando o volume de pedidos foi aumentando, eu e a Elicéia percebemos que havia um nicho a ser explorado”, lembrou Gislaine. “Começou como o nosso plano B que está se transformando no nosso plano A”, completa Elicéia. Em 2021, a Única Entrega ingressou no Worktiba Boqueirão, um dos três coworkings públicos da Prefeitura.

Melhoria constante

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, avalia que empreendedores que estão adotando estratégias de vendas como ecommerce, marketing digital e delivery devem continuar a crescer, mesmo após a pandemia. Mas ela alerta que é preciso construir estratégias pensando na jornada do cliente em todas as etapas de compra. “O empreendedor deve adotar ferramentas de inovação, com uso da tecnologia para ter uma presença digital forte”, pondera.

A presidente da Agência Curitiba lembra ainda que para apoiar os empreendedores, a Prefeitura de Curitiba e o Vale do Pinhão oferecem programas como os Worktibas, coworkings públicos gratuitos; o Bom Negócio, jornada de capacitação com foco em gestão eficiente e presença digital; e o Empreendedora Curitibana, de apoio a negócios liderados por mulheres. “Tudo é gratuito e, no caso das capacitações, o empreendedor é preparado para áreas como administração, finanças, recursos humanos, vendas e marketing”, completa ela.

NOTÍCIAS RELACIONADAS