156 Acesso àInformação

Parceiros

Parceiros

Fazenda Urbana integra programação de food design

O Dia Mundial da Alimentação será celebrado em Curitiba, no próximo sábado (16/10), com visita à Fazenda Urbana e lançamento na capital do Observatório Brasileiro de Food Design. Criado em 1997, o conceito de food design defende que as pessoas se reconectem com a origem da comida, adotem novas formas de preparo e até tecnologias […]

compartilhe
Fazenda Urbana integra programação que valoriza alimento saudável. – Foto: Daniel Castellano / SMCS

O Dia Mundial da Alimentação será celebrado em Curitiba, no próximo sábado (16/10), com visita à Fazenda Urbana e lançamento na capital do Observatório Brasileiro de Food Design. Criado em 1997, o conceito de food design defende que as pessoas se reconectem com a origem da comida, adotem novas formas de preparo e até tecnologias com foco na alimentação saudável e priorizem produtos da agricultura familiar local. 

O evento é uma parceria da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), e as entidades Red Latino-Americana de Food Design e Associação Locavorismo do Brasil, que apoia a compra de alimentos apenas de produtores ou pequenos comércios da região. 

“Curitiba apoia o food design, pois o município já vem desenvolvendo várias ações de cidade inteligente com este conceito como a valorização do plantio do próprio alimento, com as mais de 100 hortas urbanas da capital; a abertura da Fazenda Urbana, local inédito no Brasil dedicado à educação para a prática da agricultura nas cidades; espaços nas gôndolas dos Armazéns e Sacolões da Família para produtos da agricultura familiar; e programas de redução de desperdício e consumo consciente”, salienta Luiz Gusi, secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. 

Selo Unesco 

Gusi lembra que Curitiba integra a rede Cidade Criativa do Design da Unesco. “Com a capital, participam do seleto grupo, na categoria Design, cidades como Buenos Aires (Argentina), Nagoya (Japão), Shenzhen (China), Shangai (China), Bilbao (Espanha) e Graz (Áustria). Por integrar a rede, a capital tem o direito de usar o selo Curitiba Cidade do Design da Unesco”, observa ele. 

Ainda de acordo com o secretário, o selo Cidade Criativa do Design credencia Curitiba a estimular cada vez mais a transferência de conhecimento e de inovação tecnológica, inclusive na área de segurança alimentar, por meio de parcerias público-privadas do Vale do Pinhão, o ecossistema de inovação da capital. “Estamos mobilizados no fomento a novos produtos e serviços; transferência de tecnologia e incentivo ao setor produtivo, capacitação dos atores do ecossistema e formação de novos designers com foco na inovação e na sustentabilidade e políticas de comunicação de cidade inteligente com foco na valorização dos produtos locais”, acrescenta Gusi.

Para Luiz Mileck, co-organizador do evento na Fazenda Urbana, o food design é uma filosofia que motiva a prática de buscar conceitos metodológicos e soluções reais dentro do amplo universo da alimentação. “Tudo com o objetivo de impactar positivamente o planeta transformando, otimizando e regenerando os recursos limitados da natureza através da sensibilidade, criatividade e cultura humana”, justifica ele.

Replantar

A visita à Fazenda Urbana de Curitiba também integra da 9ª edição do Replantar – Encontro Latino Americano de Food Design, que começou na última quarta-feira (13/10), na capital. O tour pelo espaço da Prefeitura faz parte de uma programação que inclui reuniões, conteúdos, networking e o lançamento do Observatório Brasileiro de Food Design.

O evento na Fazenda Urbana ocorre, no sábado (16/10), das 10h30 às 13h30, com vagas limitadas e as inscrições são gratuitas (clique aqui para mais informações). 

NOTÍCIAS RELACIONADAS