156 Acesso àInformação

Eventos

Eventos

Inovações de Curitiba são destaque em evento regional de cidades inteligentes

As inovações de cidade inteligente desenvolvidas por Curitiba, nos últimos quatro anos, foram destaques, nesta terça-feira (23/3), no Connected Smart Cities & Mobility. Durante o evento regional, que reuniu representantes do município e especialistas para debater e compartilhar os avanços de cidade inteligente da capital, também foram apresentados projetos inovadores de Curitiba, em áreas como […]

compartilhe
Inovações de Curitiba são destaque em evento regional de cidades inteligentes.

As inovações de cidade inteligente desenvolvidas por Curitiba, nos últimos quatro anos, foram destaques, nesta terça-feira (23/3), no Connected Smart Cities & Mobility. Durante o evento regional, que reuniu representantes do município e especialistas para debater e compartilhar os avanços de cidade inteligente da capital, também foram apresentados projetos inovadores de Curitiba, em áreas como meio ambiente, mobilidade, empreendedorismo de impacto e governança, que serão entregues à população até 2024.

O encontro Connected Smart Cities & Mobility – Regional Curitiba foi uma iniciativa da Necta e aconteceu em formato virtual das 9h às 13h.

Com mediação de Silvia Barcik, especialista em mobilidade sustentável e diretora da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), o fórum on-line teve participação de Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação; Luiz Fernando de Souza Jamur, presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc); Cinthia Genguini, secretária Municipal da Comunicação Social; e Leny Toniolo, assessora técnica da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Cris Alessi abriu as apresentações explicando que todas as ações de cidade inteligente de Curitiba têm como foco a inclusão e a sustentabilidade.

“Como defende o prefeito Rafael Greca, desde o início de sua gestão, em 2017, a  inovação só vale quando se transforma em processo social. Quando isso acontece, a sociedade avança”, reforçou Cris.

A presidente da Agência Curitiba lembrou que, logo após sua eleição em 2016, Greca se reuniu com representantes de universidades, startups, grandes empresas, terceiro setor, empreendedores da economia criativa e entidades de classe para, juntos, desenhar o “Vale do Pinhão”, o movimento de todo ecossistema de inovação para tornar Curitiba referência em smart city (cidade inteligente) e em desenvolvimento sustentável no país.

“Quatro anos depois, o Vale do Pinhão é responsável pela maior transformação de toda a história de Curitiba, com a capital se desenvolvendo economicamente e, ao mesmo tempo, aumentando a qualidade de vida dos habitantes ao gerar eficiência nas ações, programas e serviços urbanos”, destacou ela.

Ações

Entre as ações do Vale do Pinhão, Cris citou a abertura de 33 Farois do Saber e Inovação, espaços de prototipagem digital para estudantes da rede pública municipal; a inauguração de coworkings públicos; a digitalização de serviços como os aplicativos Saúde Já, Curitiba APP, 156, Estar Digital e Urbs Táxi Curitiba e cadastro on-line para creches; a retomada de programas municipais de incentivo a empresas e capacitação, como Tecnoparque e Bom Negócio; a criação do Plano de Retomada Econômica Pós-Pandemia do novo coronavírus.

Na área do empreendedorismo, entre os projetos inovadores previstos para os próximos quatro anos destaque para o futuro Hub de Inovação de Curitiba, no bairro Rebouças, a primeira região industrial da capital. Em uma área total de 2.179 m², o complexo irá reunir coworking público gratuito, auditório, espaços para eventos e exposições e FabLab.

Resultados

Como resultado concreto de todo este esforço para criar um ambiente de inovação na cidade, Curitiba foi a única capital do Sul e do Sudeste a ter saldo positivo de vagas formais em 2020 (2.928 contratações), segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Fazenda. Além disso, a capital conquistou vários reconhecimentos nacionais e internacionais, como o de cidade com a maior produtividade e eficiência do setor de tecnologia do Brasil, segundo a Associação Catarinense de Tecnologia (Acate); e o prêmio canadense Wellbeing Cities Award  2020, de cidades de bem-estar.

O Connected Smart Cities & Mobility – Regional Curitiba também teve a participação de Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility; e Willian Rigon, diretor comercial e marketing e sócio da Urban Systems e Connected Smart Cities.

NOTÍCIAS RELACIONADAS