156 Acesso àInformação

Programas em ação

Programas em ação

Nova turma do 1ºEmpregotech começa curso 2021

Dicas de habilidades técnicas e comportamentais marcaram a aula inaugural da segunda turma do 1º Empregotech, nesta segunda-feira (19/7). Trezentos jovens aprovados para participar do programa participaram do evento virtual transmitido pelo canal da Fundação de Ação Social (FAS) no YouTube. O 1º Empregotech oferta gratuitamente o curso básico de programação de computadores e foi […]

compartilhe
Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba; e Fabiano Vilaruel, presidente da FAS. Foto: divulgação/SMCS.

Dicas de habilidades técnicas e comportamentais marcaram a aula inaugural da segunda turma do 1º Empregotech, nesta segunda-feira (19/7). Trezentos jovens aprovados para participar do programa participaram do evento virtual transmitido pelo canal da Fundação de Ação Social (FAS) no YouTube.

O 1º Empregotech oferta gratuitamente o curso básico de programação de computadores e foi lançado pela Prefeitura em 2020 para suprir a necessidade de profissionais capacitados para o setor da Tecnologia da Informação e Comunicação em Curitiba.

A aula inaugural reuniu representantes do município e empresas parceiras na criação e no desenvolvimento do programa que até o fim deste ano vai capacitar o grupo com objetivo de elevar a empregabilidade dos jovens e prepará-los para o mercado de trabalho.

Por vídeo, o prefeito Rafael Greca deu boas-vindas aos novos alunos. “Mãos, olhos e entendimentos nos livros e muito coração na disposição de fazer bem feito, aprender a tecnologia da informação. Eu espero vocês na sala de aula, na frente dos monitores dos computadores, mas eu espero sobremaneira na vaga do seu futuro emprego”, disse.

Greca aconselhou os jovens a aproveitar a oportunidade de participar do 1º Empregotech, principalmente neste momento de retomada econômica por causa da pandemia da covid-19.

Vagas abertas

O presidente da FAS, Fabiano Vilaruel, destacou que o programa foi criado para suprir as demandas de mercado, que possui milhares de vagas em aberto e busca por profissionais capacitados.

“Queremos revelar talentos para o mercado de tecnologia e aproximar esses jovens das empresas e startups do segmento, promovendo a inserção no mercado de trabalho, principalmente na condição de aprendiz”, disse.

Além da FAS, que coordena a política de trabalho e emprego em Curitiba, o 1º Empregotech tem a coordenação da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

A presidente da Agência Curitiba, Cris Alessi, que também participou da aula inaugural, falou do papel de Curitiba na área da inovação, com destaque nos cenários nacional e internacional, e lembrou que startups estão sendo contatadas para que fiquem de olho nos novos alunos que serão formados pelo 1º Empregotech. “É ótimo pensar que este mercado tem milhares de vagas em aberto e que elas podem ser de cada um de vocês”, disse.

Saber trabalhar em equipe, ter habilidade de integração e de compartilhamento de conhecimento, além de se manter sempre estudando também foram dicas importantes dadas pelo presidente da Associação dos Usuários de Informática e Telecomunicações do Paraná (Sucesu-PR), Fernando Misato, parceira do programa.

Participaram da aula inaugural o vice-presidente da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), Adriano Krzyuy, e o coordenador da Digital Inovation One, Victor Haruo. A startup DIO, de São Paulo, será responsável pelas capacitações do 1º Empregotech.

Teste de conhecimento

Os participantes da nova turma foram selecionados entre 938 pessoas que se inscreveram para o processo seletivo. São jovens de 16 a 29 anos e que foram submetidos a um teste de conhecimentos nas áreas de tecnologia, raciocínio lógico e matemática.

Até 1º de outubro, os participantes terão aulas de desenvolvimento front-end – como o nome diz, que trata da parte da frente de um site -, além de minicursos sobre empreendedorismo e inovação e oficinas do programa Mobiliza, coordenado pela FAS e que busca o desenvolvimento comportamental. 

A novidade para esta segunda turma do 1º Empregotech é que os alunos poderão optar em fazer uma segunda etapa do programa, com conteúdos mais aprofundados, entre eles o desenvolvimento de jogos. Para essa turma, as aulas serão realizadas de 11 de outubro a 26 de novembro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS