156 Acesso àInformação

Programas em ação

Programas em ação

Prefeitura abre 110 vagas para os Worktibas em 2021

Em 2021, 110 empreendedores e startups poderão ocupar os Worktibas da Prefeitura, os coworkings públicos de Curitiba. O novo edital de participação está aberto e as inscrições podem ser feitas até o dia 23 de março. Inaugurados a partir de 2017, os Worktibas são pioneiros no país e as três unidades oferecem serviços gratuitos no […]

compartilhe
O novo edital de participação está aberto e as inscrições podem ser feitas até o dia 23 de março para os Worktibas da Prefeitura. Na imagem, o Worktiba Cine Passeio. Foto: Daniel Castellano/SMCS

Em 2021, 110 empreendedores e startups poderão ocupar os Worktibas da Prefeitura, os coworkings públicos de Curitiba. O novo edital de participação está aberto e as inscrições podem ser feitas até o dia 23 de março.

Inaugurados a partir de 2017, os Worktibas são pioneiros no país e as três unidades oferecem serviços gratuitos no Parque Barigui, Cine Passeio (Centro) e Boqueirão.

O início da ocupação dos Worktibas pelos novos empreendedores está previsto para 21 de abril, mas poderá sofrer alteração de data por conta da pandemia e dos decretos de restrição de circulação.

A Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, responsável pelas unidades da Prefeitura, está oferecendo 40 vagas para o Worktiba Barigui, na Alameda Ecológica Burle Marx, s/n, no Parque Barigui; 30 vagas no Worktiba Cine Passeio, na Rua Riachuelo, 410; e 40 vagas no Worktiba Boqueirão, na Rua da Cidadania da regional.

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, destaca que os Worktibas da Prefeitura seguem o conceito do Vale do Pinhão, o movimento da Prefeitura e do ecossistema para incentivar ainda mais o ambiente da inovação de Curitiba.

“Dar suporte a empreendedores e empresas em estágio inicial é a missão dos Worktibas, que são espaços de conexão e desenvolvimento de produtos e serviços”, justifica Cris.

Os selecionados poderão ocupar os Worktibas por até dez meses. Os empreendedores e startups vão usar gratuitamente espaços compartilhados, que contam com estações ergonômicas de trabalho, computadores, internet, área para palestras, projetores, mesas de reunião e apoio técnico para o desenvolvimento do projeto e negócios.

Serão aceitas inscrições de instituições sem fins lucrativos, micro e pequenas empresas ou projetos de pessoas físicas das mais diversas áreas, como  economia criativa e de impacto social.

Após o prazo de inscrição, os candidatos serão avaliados por uma comissão e os selecionados terão que apresentar a documentação necessária, entre 1º e 12 de abril, para que iniciem a ocupação das unidades no dia 21 de abril.  

Worktiba digital

Além do acesso à estrutura física dos coworkings de Curitiba, os 50 selecionados e melhor classificados terão acesso ao Worktiba Digital. A plataforma tecnológica é fruto de uma parceria da Agência Curitiba com a Microsoft, que disponibiliza ferramentas tecnológicas gratuitas para gestão e produtividade, com calendário, videoconferência e chats.

“O Worktiba Digital é uma plataforma que permite o intercâmbio de produtos, serviços ou ideias”, destaca Cíbia Clara Gimenez, coordenadora dos Worktibas.

Como contrapartida, empreendedores e startups que ingressarem nos Worktibas precisarão participar, semanalmente, de reuniões para a elaboração de um projeto colaborativo de impacto social para Curitiba.

NOTÍCIAS RELACIONADAS