156 Acesso àInformação

Startups

Startups

Vencedores do Pitch Live serão conhecidos nesta quarta-feira

Depois de uma final muito disputada entre os 12 finalistas na noite de segunda-feira (18/10), começa a contagem regressiva para o anúncio dos vencedores do Pitch Live 2021, a competição de startups do Vale do Pinhão. A cerimônia de entrega dos prêmios será nesta quarta-feira (20/10) durante o encerramento do 31º Congresso Brasileiro de Engenharia […]

compartilhe
Startups finalistas, mentores e jurados estiveram reunidos na final do Pitch Live 2021, na última segunda-feira (18/10).

Depois de uma final muito disputada entre os 12 finalistas na noite de segunda-feira (18/10), começa a contagem regressiva para o anúncio dos vencedores do Pitch Live 2021, a competição de startups do Vale do Pinhão. A cerimônia de entrega dos prêmios será nesta quarta-feira (20/10) durante o encerramento do 31º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental (Congresso da Abes 2021), em Curitiba.

O vencedor do Pitch Live 2021 receberá o prêmio de R$ 50 mil e também serão reconhecidos a startup favorita do público e o mentor da empresa campeã, que ganharão R$ 10 mil (cada).

O Pitch Live 2021 é uma parceria da Prefeitura, Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes).

Disputaram a final da competição as startups Alma/Única Entrega, Automa Vision, Enline, Exati, Kartado, Smartacqua, Liamarinha, Mobiler, Naila IOT, PwTech, Stattus4 e Ybyram. As concorrentes apresentaram para um corpo de jurados formado por representantes do Vale do Pinhão soluções (serviços e produtos) em áreas como cidades inteligentes, meio ambiente, saneamento, mobilidade e sustentabilidade.

As 12 startups finalistas do Pitch Live 2021 disputaram a final na última segunda-feira (18/10).

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, abriu a final do evento agradecendo a parceria com a Abes para a realização do Pitch Live 2021. “A competição está alinhada aos pilares do Vale do Pinhão, movimento da Prefeitura e ecossistema de inovação de Curitiba que busca desenvolver soluções inovadoras em áreas como empreendedorismo, reurbanização, mobilidade urbana, saúde, educação e meio ambiente”, justificou ela.

A presidente da Agência Curitiba destacou ainda que a competição une disputa e aprendizado, com foco no desenvolvimento de produtos e serviços inovadores para cidades inteligentes, sustentabilidade e saneamento, bem como troca de informação com outras startups e o aprendizado com empreendedores que têm anos de mercado.

“Curitiba acredita que, ao incentivar o protagonismo das startups, que são apoiadas com políticas públicas, diálogo, maior eficiência dos serviços públicos e iniciativas como o Pitch Live, o ecossistema de inovação do Vale do Pinhão atingirá um novo patamar de desenvolvimento econômico sustentável, beneficiando toda a população”, afirmou Cris.

Final

A final do Pitch Live 2021 ocorreu on-line, na noite segunda-feira (18/10), com as 12 apresentações rápidas (pitchs) dos finalistas. “As startups apresentaram soluções inovadoras para os mais diferentes segmentos. Todas com potencial de crescimento local, nacional e internacional”, avaliou Cris Alessi.

O júri da final era formado por André Pamplona, Grupo RIC; Juliana Palácios, iCities; Cibelle Higino, Honey Island Capital; Pedro Hauer, Caravela Capital; Luciano Taborda, Bump Lab; Marcia Cavalcante, Win Angels; Priscila Assahida, Habitat Senai; Gustavo Melles, Founder Institute; Rubens Del Monte Cardoso, Minsait; João Paulo, Hotmilk/PUCPR; Frederico Lacerda, Agência Curitiba; Adriana Karam, Opet Investimentos e Curitiba Angels; Adriana Lobo, Sanepar; Aliny Borba, Sanepar; Gustavo Posseti, Sanepar; Aramis Camargo, Biotrop; Vinicius Camilo, Distrito; Carol Strobel, Redpoint Eventures; Edson Mackeenzy, The Venture City; Ibson de Campos, Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA); Caio Feijó, Invisto; Marcos Buson, Hards Industry 4.0; Pierre Siqueira, Abes-Startup; Rafael Tortato, Sebrae/PR; Rodrigo de Alvarenga, HAG Ventures; e Victor Hugo Domingues dos Santos, Realize Hub.

O Pitch Live 2021 reuniu um corpo de jurados formado por representantes do ecossistema de inovação do Vale do Pinhão.

Alguns jurados já tinham participado das etapas eliminatórias do Pitch Live 2021 e apontaram a evolução das startups que chegaram à final e foram preparadas por mentores nas duas últimas semanas. “Tivemos um equilíbrio nunca visto, inclusive, com a participação de muitas mulheres empreendedoras”, destacou Márcia Beatriz Cavalcante, presidente da rede WIM Angels – Women Investment Movement. Já Rubens Del Monte Cardoso, diretor de Minsait, destacou o alto nível de todas startups. “Elas mostraram uma grande evolução desde o início da competição”, disse.

A final da competição teve mediação de Marlon Alves Cardoso, coordenador técnico da Agência Curitiba e responsável pela organização da competição.

Congresso

Lançado em 2020 pela Prefeitura e Agência Curitiba para dar visibilidade e atrair investidores para produtos e serviços inovadores de Curitiba durante a pandemia, o Pitch Live agora é aberto para startups de todo o Brasil. A competição deste ano teve 82 startups inscritas.

O Pitch Live 2021 está ocorrendo durante o 31º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, que começou no último domingo (17/10) e vai até quarta (20/10), em formato híbrido: de forma presencial, no Expo Unimed, em Curitiba, e também on-line, em plataforma digital exclusiva e interativa.

A competição do Vale do Pinhão tem patrocínio da Minsait, Dell Technologies, Biotrop, Sabesp e Sanepar.

Saiba mais sobre o Pitch Live 2021 e como acompanhar o anúncio da campeã no site da competição.

Os 12 finalistas da 3ª edição do Pitch Live Vale do Pinhão

  • Alma/Única Entrega (Mobilidade e transporte público), Curitiba (PR) – Renata Carvalho (mentora)
  • Automa Vision Tecnologias de Inteligência Artificial (Segurança e gestão urbana), Curitiba (PR) – Marcelo Pinheiro Vieira (mentor)
  • Enline Serviços de Tecnologia (cidades inteligentes), Barueri (SP) – Gilberto Passos Lima (mentor)
  • Exati Tecnologia e Desenvolvimento de Sistemas (Iluminação pública), Curitiba (PR) – Tiago Jesuino (mentor)
  • Kartado Tecnologia (cidades inteligentes), Florianópolis (SC) – Pedro Henrique Trindade de Souza (mentor)
  • Smartacqua Soluções Tecnológicas (Sistemas de abastecimento), São Paulo (SP) – Ana Paula Weigert (mentora)
  • Liamarinha Empreendimentos (Tratamento de efluentes), Mariana (MG) – Dalmo de Souza Marcolino (mentor)
  • Mobiler (Mobilidade e transporte público), São Paulo (SP) – Arnaldo Alves Rabelo (mentor)
  • Naila IOT (Monitoramento ambiental e gerenciamento de riscos e desastres), Curitiba (PR) – Erickson Johny Galindo da Silva (mentor)
  • PwTech (Sistemas de abastecimento), São Carlos (SP) – Vanderlúcia da Silva (mentora)
  • Stattus4 (Sistemas de abastecimento), Sorocaba (SP) – Flaviana Souza (mentora)
  • Ybyram Gamificação Sustentável (Educação ambiental), Curitiba (PR) – Alexandre Hashimoto (mentor)

NOTÍCIAS RELACIONADAS